O trabalho para que as famílias itupevenses residentes em núcleos habitacionais informais (sem regularização) tenham finalmente as escrituras dos imóveis começa na próxima segunda-feira (1). A equipe composta por profissionais da Fundação Itesp (Instituto de Terras do Estado de São Paulo) e da Prefeitura de Itupeva vai iniciar o levantamento topográfico no município pela gleba Santa Isabel.

Ao todo, sete núcleos na cidade passarão pela ação graças a esta parceria, beneficiando pelo menos 200 famílias com a entrega das escrituras. “Fizemos uma reunião em São Paulo com menos de um mês de mandato e pedimos este apoio para resolver um problema muito antigo na cidade. A escritura é o ‘RG’ do imóvel, que garante às famílias o direito sobre a propriedade e agora, graças a este trabalho, pelo menos 200 moradias serão regularizadas sem custo algum para as pessoas”, declarou o prefeito Marcão Marchi.

Nesta terça-feira (26), o secretário de Governo, vice-prefeito Alexandre Mustafa, recebeu representantes da Fundação Itesp para uma reunião (foto abaixo). “Estamos dando mais um passo para que as famílias concretizem o sonho de terem em mãos os documentos de propriedade dos imóveis. Isso gera segurança jurídica e possibilita que as famílias itupevenses tenham acesso a créditos, entre outros benefícios”, comentou Mustafa.

Visita – Participaram da reunião o analista de engenharia Maurício Pereira Leme e a analista jurídica Simone Porto de Moraes Rodrigues, ambos da Fundação Itesp, a secretária de Desenvolvimento Urbano, Márcia Mendes Villegas, engenheiros e profissionais da Prefeitura. “As famílias que receberão a equipe podem ficar tranquilas, porque todos os profissionais estarão identificados. Faremos uma visita à gleba Santa Isabel, também, para informar a todos como o trabalho será feito”, completou a secretária Márcia.

De acordo com a secretária, os demais núcleos informais que estiverem dentro do que determina a lei para regularização farão parte do programa ‘A Casa é Sua’, criado pelo prefeito Marcão Marchi.

Além desta primeira área, receberão a equipe da Fundação Itesp e Prefeitura os moradores das glebas Valdir Pavan, Vista Alegre, Vale das Pedras, Demarchi e Pau D’óleo I e II que se enquadrarem na legislação que prevê a regularização de imóveis de interesse social.

DSC 0237