Segundo matéria do Extra, um motorista foi parado pela polícia de Derby (Inglaterra), com incriveis 13 bolhas no pneu. A polícia classificou o carro do sujeito como uma “arma em potencial”

Quando foi parado, ele guiava perto de uma escola. O inglês seguiu direto para uma oficina mecânica próxima, de onde só foi liberado após a troca do pneu, segundo reportagem do “Daily Mirror”.


As bolhas são causadas por impacto contra buracos nas vias ou contato contra o meio-fio, gerando o rompimento da lona de corpo de poliéster dos pneus e fazendo com que com que o ar pressione a borracha para fora, criando a protuberância. As bolhas podem aumentar de tamanho e se romper a qualquer momento, o que leva a uma perda de pressão repentina no pneu e, assim, os riscos de acidente são iminentes.