Sabe aquela bituca de cigarro que inocentemente algumas pessoas jogam pela janela do carro quando estão dirigindo em uma rodovia? Não tem nada de inocente e esse ato pode transformar a vida dos animais silvestres em um inferno. Esse tatu-galinha foi resgatado próximo a uma rodovia onde aconteceu uma queimada. A Guarda Municipal de Vinhedo trouxe o animal até o Cras onde foi constatado uma série de graves queimaduras pelo seu corpo. O tatu passou por uma série de tratamentos mas infelizmente, devido a gravidade dos ferimentos, veio à óbito.



Todo ato que possa iniciar uma queimada, seja de forma intencional ou não, deve ser denunciado aos órgãos competentes para que esse tipo de situação seja menos recorrente.

O município de Vinhedo possui um convênio com a Associação Mata Ciliar que contribui para o recebimento, tratamento e reabilitação de animais silvestres.