Uma mãe decidiu tomar uma “atitude mais enérgica”  para ensinar uma lição ao seu filho. Chiquita Hill, moradora de Columbus, na Geórgia, soube que Sean, seu filho de 10 anos, estava se comportando mal em sala de aula.




A professora de Sean disse para a mãe do menino que Sean estava sendo rude e desrespeitoso, não respondia as questões e não fazia os trabalhos escolares.

Créditos ABC News

Chiquita sentou e conversou com seu filho, perguntou o que ele estava sentindo e o que estava acontecendo, mas o comportamento de Sean se prolongou por semanas e falar sobre isso simplesmente não estava funcionando.



Chiquita sabia que precisava fazer algo para chocá-lo e decidiu ligar para o Departamento de Polícia de Columbus. Durante a ligação explicou o comportamento de Sean e a polícia concordou em enviar policiais até a sua casa.

“Sean não acreditou em mim, mas quando os policiais chegaram a ficha dele caiu”, disse a mãe.

Assim que os policiais chegaram, conversaram com Chiquita sobre a simulação de prisão, certificando-se de que ela estava de acordo com o que iria acontecer, em seguida algemaram o garoto e o colocaram na traseira do carro da polícia por cerca de cinco minutos.



Créditos ABC News

Um policial chegou a entrar no carro, para conversar com o menino, mas logo em seguida Sean foi liberado. Quando o garoto finalmente saiu do carro, correu para sua mãe, deu um abraço e prometeu nunca mais fazer isso.

Créditos: ABC News

“Ser desrespeitoso em qualquer idade com alguém pode te matar”, disse Chiquita Hill. “A vida é difícil para um homem negro e eu só quero que ele cresça para ter sucesso e ser respeitoso. Só quero que ele não seja preso de verdade no futuro”. Completou.

Fonte: https://go.hurb.com/mae-chama-a-policia-para-simular-prisao-do-filho-bagunceiro/