Um homem cuja a identidade não foi relavada, foi preso, na cidade de Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, por ameaçar cometer um ataque contra as cantoras Simone e Simaria.Ele planejava o ataque para o dia 14 de dezembro, quando Simaria vai se apresentar com a irmã Simone no Estádio Beira Rio, em Porto Alegre.




A prisão ocorreu nessa terça-feira (12/11/2019); o motivo do ataque seria porque o rapaz — que já tem passagens por agressão, roubo e furto — teria ficado descontente com a cantora após ele mandar mensagens para ela nas redes sociais e não obter respostas. Ele aguarda transferência para um presídio em São Paulo.

Segundo o UOL, as ameaças começaram em 2017. Para a polícia, o suspeito disse que estava passando por dificuldades financeiras e procurou a dupla pelas redes sociais para ajudá-lo. Sem resposta, passou a ameaçá-las. “Ultimamente ele começou a fazer ameaças muito fortes. Quando ele postou que, para fazer o show, deveriam matá-lo, a assessoria das cantoras ficou apavorada”, disse o delegado.

“Ele diz que a família delas seria responsável por ele quase ter morrido, em Campo Grande, em 1996, mas não explica o motivo. Diz que sofreu um atentado a tiros e foi preso no interior do Mato Grosso do Sul, saiu de lá e voltou ao Rio Grande do Sul. Como disse que conhecia elas, resolveu agora ameaçar pedindo que o ajudassem”, conta o delegado. Nenhuma informação, porém, foi confirmada pela polícia.

Segundo o suspeito, o atento teria side referenciado na música 126 Cabides, um dos principais sucessos da dupla. “Para ele, [a faixa] fazia referência ao dia 1º de fevereiro de 1996, quando foi atacado em Campo Grande. No entanto, a letra é de autoria do compositor Tatau, do Araketu”, comenta o delegado.




“E outras, que falam de chifre, de traição, seriam porque ele traiu uma ex-esposa”, afirma o delegado. “Ele delira. Tem esses delírios. É preocupante, pois assim que geralmente começam situações de violência contra pessoas famosas.”

Procuradas, Simone e Simaria não quiseram comentar pessoalmente o caso, mas a assessoria das cantoras divulgou nota afirmando que a questão foi levada às autoridades por conta dos “reitrados e graves ataques” sofridos nas redes sociais.




“A Social Music e Áudio Mix, escritórios responsáveis pelo gerenciamento de carreira da dupla Simone&Simaria comunicam que, por decorrência dos reiterados e graves ataques sofridos pelas artistas em suas respectivas redes sociais e no exclusivo objetivo de preservação da integridade física das cantoras e seus familiares, levou a questão ao conhecimento das autoridades públicas para os devidos fins e providências.

Tomando conhecimento dos recentes acontecimentos policiais, por total confiança nas instituições públicas e irrestrita obediência de segredo de justiça do processo judicial, reserva-se quanto aos detalhes, aguardando o decorrer de sua tramitação.

Que o respeito, a alegria e o carinho, marca da dupla Simone&Simaria, para com seu público, fãs e admiradores de seu trabalho se sobreponham, fazendo deste fato rapidamente esquecível”.