Voltar a estudar é o desejo de muitas pessoas que não tiveram a oportunidade de concluir os estudos como gostariam. Quem mostrou que com muita perseverança e força de vontade esse desejo pode ser atendido foram os alunos que concluíram o quinto ano do programa EJA (Educação Para Jovens e Adultos), na última terça (3). O evento aconteceu na EMEFEI Victória Raymundo Fernandes.



O prefeito Marcão Marchi esteve no local e demonstrou orgulho em entregar os diplomas. “O EJA é um projeto maravilhoso e sempre terá meu apoio. Parabenizo à equipe de professores e todos os envolvidos no curso. Sei das dificuldades enfrentadas por cada um no dia a dia, pois chegam aqui na escola cansados e mesmo assim se mantem firmes. Este é só o primeiro passo para um grande futuro. Educação é dignidade, é respeito”, disse ele.

A Educação de Jovem e Adultos existe desde a inauguração da unidade escolar em 2000 e atualmente conta com 105 alunos. Além destes, também estão em curso mais 12 alunos na sala descentralizada que do Centro de Convivência do Idoso.




Desde o início de 2017, com a gestão do prefeito Marcão Marchi, o olhar da Secretaria de Educação com o EJA se tornou mais humano e buscando que os alunos se tornem cidadãos conscientes e capazes de lutar pelos seus direitos e deveres, como comentou o secretário da pasta, Fábio Andrade. “Este é um momento de colheita. Vamos hoje recolher os frutos que plantamos lá no início. Os trabalhos aqui expostos estão belíssimos e isso mostra a dedicação de vocês. Saibam que a educação transforma e vocês mostraram isso”, comentou ele.

Neste módulo em específico, os alunos aprendem as disciplinas básicas. Em 2019 foi iniciado um projeto voltado para artes, onde foram trabalhados artistas da música, pinturas e entre outros. Os trabalhos estavam expostos no local do evento.




Para o aluno Rafael Samogin Araujo o momento é de extrema felicidade. “Foi um ano muito produtivo! Com a matéria de artes aprendemos muitas coisas. Heitor dos Prazeres, um dos artistas que aprendemos, é um brasileiro como nós pois enfrentou muitas dificuldades. Saímos hoje com muito orgulho de pertencer à escola Victória. Agradecemos a Deus por ter nos dado força para iniciar e terminar essa jornada”, disse o aluno, encerrando a solenidade.

Além de Rafael também se formaram os alunos Antonia Sousa Costa, Ednalva Avelino da Silveira Aquino, Junior Barbosa Siqueira, Katiane dos Santos, Paulo Silva, Louis Marc Sucess e Emiliano Olimpio da Silva.