Traficantes foram condenados a morte, em frente a crianças na China, para educa-las. Os criminosos foram sentenciados à morte e a pena foi imediatamente cumprida em um campo de execuções, segundo informou a AFP.




O julgamento sumário, cujas imagens viralizaram na rede social Weibo (equivalente ao Twitter), foi realizado em uma quadra esportiva. Logo em seguida, os dois homens foram levados a outro local e executados. Todas as custas foram pagas por suas famílias.






O ato fez parte da campanha do governo conhecida como Dia Internacional Contra Abuso de Drogas e Tráfico de Ilícitos, de acordo com informações do Metro UK.

Cai Liqun, 39 anos, foi condenado por vender metanfetamina e magu, uma mistura de metanfetamina e cafeína. Huan Zhengye, 36 anos, foi sentenciado à morte por vender e transportar metanfetamina. Eles foram executados com tiros. Pan Hei, professora da escola local Yunlong , disse que o evento ajuda a “educar” e “assustar” alunos, e que faz com que as crianças sintam medo de cometer crimes.