Policiais militares do 49º Batalhão do Interior detiveram em Jundiaí três adolescentes que barbarizaram um casal de idosos durante assalto cometido no Jardim do Lago. Eles agiram com um comparsa, que conseguiu fugir, e já haviam sido apreendidos no dia 15 de novembro passado pela invasão à residência de uma idosa falecida meses antes.




No crime mais recente, os assaltantes chegaram a agredir o morador, que tem mais de 70 anos, com diversas coronhadas na cabeça. Queriam dinheiro e fizeram a esposa da vítima, também idosa, se deitar de bruços. A moradora usa uma bengala, mas isso não impediu que ela também passasse pelos momentos de terror.
Dentro do imóvel, o grupo recolheu aparelhos celulares, joias, relógios e um iPad (tablet da marca Apple). Com o dispositivo, os menores gravaram um vídeo debochando das vítimas e exibindo os produtos roubados, dizendo que “meteriam bala na PM” caso os militares chegassem.





Valentões

Apesar das ameaças, isso não foi o que se viu quando dois patrulheiros (soldados Magalhães e Alvarenga) avistaram o grupo na avenida Samuel Martins e decidiram abordá-lo.
Enquanto um dos assaltantes conseguiu fugir correndo, os outros três decidiram se entregar, sem reagir. Sempre com a cabeça baixa, acataram todas as ordens dos militares, mostrando-se totalmente diferentes dos “valentões” que estavam dentro do imóvel, em poder de um casal de idosos.
Com eles, todos os objetos roubados foram encontrados, além de um simulacro de arma de fogo que usaram para cometer o crime.