Com previsão de pancadas de chuvas isoladas para os próximos cinco dias, Itupeva continua em estado de observação. As equipes da Prefeitura seguem com trabalho reforçado para a manutenção das vias e córregos da cidade, e a Defesa Civil segue monitorando os bairros.



As fortes chuvas dos últimos dias, deixaram o município em estado de alerta para possíveis alagamentos e inundações; principalmente, por causa do Rio Jundiaí, que atingiu o nível 3,10 metros, com a água chegando próximo de sua margem.

Segundo a coordenadoria da Defesa Civil do Estado de São Paulo, há previsão de chuvas com volume de água moderado, dentro do esperado para a época do ano, nos próximos dias.

No período de 5 a 11 de fevereiro, Itupeva teve um acumulado de 89,9 m/m de água da chuva; porém, nas últimas 72 horas foram registradas 65,7 m/m, números que deixam a cidade em estado de observação.



A Defesa Civil Municipal monitora as chuvas através dos Radares de Bauru (IPMET) e o Radar de São Roque (SIGMA.CPTEC). Além de leituras diárias dos pluviômetros da CEMADEN, instalados em pontos estratégicos no município.

“Tivemos uma elevação significativa do Rio Jundiaí, que chegou próximo do seu limite, mas desde a noite da última segunda-feira (10), começou a baixar, atingindo a sua normalidade. Continuamos em alerta em relação às chuvas, através do nosso monitoramento. Toda vez que os números atingem um acumulado de 80m/m, iniciamos trabalhos de vistorias de campo nas áreas de riscos”, comenta Jonas Furlan, secretário de Defesa Civil.

A população também pode contribuir não descartando qualquer tipo de lixo em vias públicas e calçadas, evitando que acúmulo de água e entupimento de bueiros.