Policiais militares do 11º Batalhão prenderam em Jundiaí um rapaz que prejudicou a própria mãe, tomando à força o carro da mulher. Ele também usou o veículo para furtar materiais de um hospital desativado, agindo com um comparsa procurado da Justiça.


De acordo com o tenente Iuri, da equipe do capitão Augusto José Martinelli, a invasão ao imóvel foi presenciada por uma testemunha, que ligou para o 190, informando ter visto dois homens em atitude suspeita atrás de um muro.
Rapidamente, o oficial da PM e sua equipe (cabo Aparecido e soldado Fábio) montaram um cerco com apoio de outros militares (cabo Gonzaga, soldado Cruz, subtenente Ferreira, cabos Flávia, Pablo e Perez, e soldado Barros), evitando uma possível fuga dos invasores.
Eles já haviam separado um saco preto com diversos objetos que pretendiam levar e tiveram os antecedentes consultados, relevando a consulta a existência de um mandado de prisão decretado contra um deles.


O outro, por sua vez, tinha nos bolsos as chaves de um veículo Fox, que disse pertencer à sua mãe. Ao contrário de emprestar ao filho, os militares descobriram que a dono havia tido seu carro retirado à força, inclusive prestando queixa à polícia de apropriação indébita cometida pelo filho, que estava com o automóvel desde o último dia 8.
Iuri informou que conduziu com sua equipe os dois homens à delegacia, onde foram comunicadas a tentativa de furto e a captura de procurado. A Polícia Civil registrou neste momento um boletim de ocorrência, colocando a dupla em uma cela do Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista à disposição da Justiça.

Fonte: #imprensapolicial