Segundo informações do G1 evangélicos e católicos de um condomínio de Várzea Paulista (SP) decidiram se unir numa corrente de oração contra a Covid-19.

Todos os dias, por alguns minutos, eles saem nas suas sacadas para orar e entoar canções das duas designações religiosas, fortalecendo o conceito de união num momento em que cada pessoa é obrigada a isolar-se em em seu ambiente.




A iniciativa chamou a atenção do padre Marcelo Rossi, que divulgou em sua conta do Instagram um vídeo que foi visto por quase meio milhão de pessoas. Entre os mais de 5 mil comentários, pessoas de todo o Brasil se sentiram encorajadas pela ação.

“Há esperança para o ser humano, essa experiência irá transformar a forma como vemos o outro”, comentou uma seguidora.




Os sentimentos de solidão, angústia e ansiedade em relação ao futuro relatados por muitas pessoas nas redes sociais fizeram com que os moradores do condomínio buscassem a união.

O morador Jeferson Aparecido Coimbra, católico praticante, conta que propôs juntar forças em torno da fé no grupo de Whatsapp do condomínio.




“Acho que há pessoas que por intolerância, outras até por respeitar a crença alheia, porém é fato que gente de diferentes designações religiosas não costumam interagir no dia a dia quando o assunto é fé. Esse momento, no entanto, pede isso”, afirma.